Seguro

O que o seguro para celular cobre?

que seguro para celular cobre – Já sabemos que os roubos e furtos de aparelhos celulares estão entre os principais crimes que acontecem no país.

Com isso a demanda para contratar seguros para celulares aumentou consideravelmente, principalmente nos últimos anos com os smartphones de última geração que possuem um valor relativamente alto.

Porém, é natural ter dúvidas sobre o assunto. Uma das dúvidas recorrentes mais comuns é: o que o seguro para celular cobre? A resposta para essa pergunta é variável, porque depende da operadora ou seguradora em questão.

Vamos explicar melhor, não se preocupe! Continue com a gente para saber tudo sobre seguros para celulares.

Você pode gostar de ler também:

O que o seguro para celular cobre?

Como já foi dito acima, o que um seguro para celular cobre depende do pacote e da empresa que está oferecendo o serviço.

Mas de uma forma geral, seguro para celular cobre:

Roubo ou furto

Se alguém furtou seu aparelho, ou seja,  foi tomado sem que o ladrão estabelecesse contato com você, ou roubado, que nesse caso é quando se estabelece contato com a vítima, o seguro cobrirá o prejuízo.

Você quer saber como rastrear celular roubado? Clique AQUI.

Para que você tenha direito à indenização, ou alguns casos, a reposição, é necessário primeiro realizar um boletim de ocorrência, apenas depois desse processo você poderá solicitar ao seguro a sua indenização, apresentando a nota fiscal do aparelho e o boletim de ocorrência relatando o ocorrido.

É importante salientar que a perda do aparelho, como por exemplo, quando se esquece dentro de um táxi ou em algum estabelecimento não se encaixa nesse tipo de cobertura.

Quebra acidental

Outra categoria que o seguro para celular cobre é a quebra acidental. Por exemplo, se seu aparelho caiu e por conta disso houve danos que impossibilite seu uso, danos causados por descargas elétricas ou danos referente a sobrepeso sobre o celular, são algumas das situações cobertas pela garantia de quebra acidental.

Queda de líquido sobre o aparelho

Essa cobertura é específica de algumas empresas e ela abrange situações em que devido a queda de algum líquido no aparelho ou imersão na água, como por exemplo, queda acidental na piscina. É Também conhecido como oxidação do aparelho eletrônico.

Entra nessa categoria do seguro, também, danos causados por exposição do aparelho à vapor ou ação da maresia.

Em casos como esses, o prejuízo poderá ser compensado de três formas: ressarcido em dinheiro, por meio de conserto ou reposição por um aparelho igual ou similar.

Chamadas não-autorizadas

Em alguns casos, o seguro para celular ainda cobre chamadas não autorizadas realizadas após roubo ou furto do smartphone. O reembolso pode ser de até R$ 500 por ligações não-autorizadas.

É importante lembrar que em relação aos acessórios, como fones, cabos e baterias estes não estão cobertos pelo seguro. Todos os danos referentes aos acessórios é de responsabilidade do cliente.

Dicas para você antes de contratar um seguro para celular:

Agora que você já sabe o que o seguro para celular cobre, confira essas dicas:

  • Pesquise a reputação da seguradora por trás da oferta na loja;
  • Prefira contratar o seguro se o aparelho for novo;
  • Compare os preços entre seguradoras e apólices;
  • Confira o valor da franquia e o período de carência;
  • Saiba se o seguro cobre roubo e furto qualificado, danos acidentais ou os dois;
  • Avalie se você prefere receber um aparelho ou dinheiro como indenização;
  • Pesquise alternativas ao seguro;
  • Faça boletim de ocorrência, se o celular foi roubado ou furtado;
  • Guarde a nota fiscal do aparelho;
  • Seja honesto ao acionar o seguro.

Esse artigo foi útil? Compartilhe com os seus amigos.

Ficou com dúvidas sobre o que o seguro para celular cobre? Deixe nos comentários.

Sobre o autor

Med Madson

Deixe um comentário